http://youtu.be/PT1pPIBEEWQ

Loading...

domingo, agosto 31, 2014

A caixa de música

Eu tinha uma caixa de música.
Ainda tenho na memória o seu formato de piano. Todo branco, cujo tampo, ao ser aberto, rodopiava uma bailarina delicada e singela, ao som de Pour Elise, uma composição de Beethoven.
Bastava abrir a caixa para ficar embevecida e sonhar...!
Quantas tristezas e mágoas ela já me dissipara! Quantas alegrias e sonhos ela  me inspirara!
Um certo dia, porém, a curiosidade batera forte.
Precisava saber como essa caixinha operava tantos milagres, sendo ela tão pequenina, tão singular!
Na ânsia de abrir e manusear o objeto, acabei por quebrá-lo. E o pequeno piano nunca mais tocara uma nota sequer...

quinta-feira, novembro 21, 2013

Estratégias para potencializar a aprendizagem

       Ao reconhecer a importância da organização do espaço em sala de aula, descobrimos estratégias decisivas na aprendizagem efetiva dos alunos.
       Assim, a distribuição das carteiras e de outros objetos pedagógicos, bem como sua conservação afeta a forma como os alunos se relacionam e interagem com o professor.
       A organização tradicional das carteiras – enfileiradas e voltadas para frente – ainda é a mais usada, legitimando o professor como único detentor do conhecimento. Essa disposição é propícia para investigar o aprendizado individual do aluno, sobre determinado tema.
       A disposição circular das carteiras possibilita o diálogo aberto, em que os estudantes trocam informações entre si. De acordo com as teorias pedagógicas modernas, é a forma mais eficiente de aprendizado, favorecendo o brainstorming (algo como, uma tempestade de ideias). Todos os alunos participam da atividade e se sentem à vontade para expor suas ideias.
       Já a disposição de mesas agrupadas é usada para que pequenos grupos reflitam sobre uma mesma atividade, ao buscar a cooperação cognitiva para a solução de um problema, por exemplo.
       Além dessas estratégias, há outras que propõem atividades em algum ambiente externo, favorecendo a aprendizagem a qualquer e todo o momento, em todo e qualquer lugar!

quarta-feira, novembro 20, 2013

Diário de uma aprendiz

O curso de Educação Digital foi instigante e desafiador, além de divertido. Ter em mãos ferramentas poderosas de aprendizagem é algo fantástico. Tudo o que se aplica ao aluno, aplica-se antes, ao professor. Todo o cabedal construído para o deslumbre do aluno digital, é também para esse professor, não tão digital!
    Então, todo o planejamento e busca para potencializar a aprendizagem do aluno estão, estreitamente ligados à motivação do professor, em aprender novos saberes, aprender junto com o aluno e com os colegas de trabalho, a todo o momento, em todo o lugar, de muitas maneiras.
    Certo está que, muitas vezes, senti  a solidão de um eremita, pois embora  conectados, em rede, era mais fácil acreditar tratar-se de uma rede de computadores, do que de uma rede de pessoas... Mas também, ironicamente, essa sensação foi a motivação para experimentar variados e inesperados caminhos! A necessidade cria o engenho, certamente…
Observando o esforço da tutoria e coordenadoria para que, a cada etapa do curso, continuássemos motivados e preparados para alçar voos mais altos, percebo que temos, desde já, modelos em que possamos nos espelhar pela vida pedagógica afora. 
Muito obrigada a todos!