http://youtu.be/PT1pPIBEEWQ

Loading...

sábado, novembro 17, 2012

REFLEXÃO SOBRE ARTIGO DE LÉA FAGUNDES

O fluxo de discussão e reflexão sobre a nossa postura em relação à integração das tecnologias ao currículo nos remete a um fato importante: estamos vivenciando a cultura digital!
A capacitação do professor para essa vivência plena começa no enfrentamento de desafios para novas aprendizagens. Essa abertura para o novo impulsiona o professor a seguir adiante. Esse enfrentamento do desconhecido é o discurso ideal que o professor tem para o aluno e prescinde de qualquer palavra.
Da criatividade e sensibilidade do professor nascem projetos que visam à preparação dos alunos em cidadãos. Esse é o nosso objetivo maior.
Quando pensamos em como implantar as novas tecnologias à prática pedagógica ou como transferir a cultura digital para a escola, na verdade estamos praticando um discurso complicador. Segundo a professora Léa Fagundes, nada disso é necessário. Basta não impedir o fluxo de sua passagem!
A proibição do uso de aparelho celular na escola é um exemplo de bloqueio à cultura digital. O que pode ser feito em favor da aprendizagem do aluno é orientar sobre o uso adequado desse e de outros meios digitais.
A professora menciona as estatísticas brasileiras de maneira positiva, analisando dificuldades e pontos fortes da inclusão digital. Esse otimismo e conhecimento atualizado são competências desejáveis para todos nós, professores ou não, cidadãos do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário